Meio Ambiente: Santa Bárbara recebe reunião do projeto Reconecta-RMC

Representantes das secretarias de Meio Ambiente das cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas), reuniram-se na última quinta-feira (22) em Santa Bárbara d´Oeste. Trata-se do projeto Reconecta – RMC que tem como objetivo integrar as ações ambientais e políticas públicas de desenvolvimento sustentável de toda a RMC. O encontro, realizado no Museu da Água, possibilitou a elaboração de metas a serem atingidas em 4 e 12 anos.

Dentre os temas discutidos está o processo de recuperação de APPs (Área de Preservação Permanente) na RMC, com a criação de corredores ecológicos que promovam o desenvolvimento sustentável de toda a RMC. Entre as metas definidas estão a capacitação das equipes técnicas das Prefeituras envolvidas, tanto em geoprocessamento, quanto em planejamento ambiental e recuperação de áreas degradadas, a definição da necessidade de apresentação de diagnóstico da situação atual das APPs nas cidades envolvidas, a elaboração de estratégias para recuperação de áreas prioritárias e a publicação de um Plano Municipal que seja integrado ao Plano Diretor de Urbanização Integrado, em elaboração pela Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas).

“Essa ação integrada dos municípios é muito importante. As degradações, a poluição, não respeitam limite de municípios. Uma nascente assoreada em uma cidade pode comprometer a disponibilidade hídrica de outra vizinha. Portanto questões ambientais devem ser discutidas em âmbito regional, ainda mais em uma situação de conurbação como vivemos na RMC”, disse o secretário de Meio Ambiente de Santa Bárbara d’Oeste, Cleber Canteiro.

Reconecta - RMC

Os encontros do Reconecta –RMC acontecem desde 2017 com foco nas discussões sobre a recuperação de APPs, manejo e conservação da fauna silvestre, criação de Unidades de Conservação e melhoria de áreas de proteção já existentes.

O programa integra o INTERACT-Bio, que é um projeto de quatro anos elaborado pelo ICLEI (Local Governments for Sustainability), principal associação mundial de governos locais dedicados ao desenvolvimento sustentável, para melhorar a utilização e a gestão dos recursos naturais em cidades de rápido crescimento e nas regiões que as cercam. A iniciativa tem como objetivo proporcionar às populações urbanas em expansão soluções baseadas na natureza e mostrar seus benefícios a longo prazo. O INTERACT-Bio é implementado no Brasil, na Índia e na Tanzânia, sendo que no Brasil tem como projeto piloto a Região Metropolitana de Campinas.

Share this article

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Fale Conosco!

Últimos posts