Aberta a exposição audiovisual “Museu da Imigração - 30 anos”

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste abriu nesta quarta-feira (7) a exposição audiovisual “Museu da Imigração - 30 anos”. Até 28 de fevereiro, o visitante pode conferir vídeos em 360 graus com conteúdo em quatro telas exibidas simultaneamente na Sala “Antonio Duarte”. A iniciativa integra as comemorações dos 200 anos do Município.

As projeções trazem a construção e o desenvolvimento do prédio, agora atual símbolo da imigração local. Além das imagens do espaço, desde quando abrigou a Casa de Câmara, a Cadeia e a Delegacia, a mostra trará vídeos inéditos - nunca convertidos ao formato digital -, que apresentam a vinda dos imigrantes para Santa Bárbara d'Oeste. Também foi criado um espaço para apreciação dos materiais composto por almofadas e bancos.

Segundo o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix, trata-se de um resgate e preservação da história de Santa Bárbara - ação que será ampliada nas comemorações do bicentenário. “A exposição dos 30 anos do Museu integra um pacote de ações que serão realizadas nessa data tão especial. O conteúdo exposto faz parte do acervo técnico do Centro de Memória, rico em imagens e vídeos históricos da fundação da nossa cidade”, comentou Evandro.

O Museu abre de terça-feira a sábado, das 9 às 17 horas, e funciona na Rua João Lino, 371, no Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3455.5082.

História – O edifício foi construído no final do século XIX pelo Governo do Estado - completando 122 anos em 2018. Sediando atualmente o Museu da Imigração, foi projetado pelo arquiteto francês Victor Dubugras para abrigar a Casa de Câmara e Cadeia de Vila de Santa Bárbara. A instituição da Câmara deu à cidade emancipação política: elevou à condição de Vila, separando-se assim de Piracicaba, Município ao qual estava ligado.


A obra foi realizada pelo Departamento de Obras Públicas de São Paulo e faz parte de um conjunto de equipamentos que o arquiteto projetou para o Governo no interior do Estado naquela mesma época. A Câmara ficou no prédio até 1913, quando passou a funcionar no Paço Municipal. A Delegacia de Polícia e Cadeia Pública funcionaram no prédio até o fim da década de 1970, o que provocou diversas transformações e adaptações na obra original. Durante os anos 80 o local ficou fechado e foi transferido para o Município que instituiu o Museu da Imigração, em 1988.

Share this article

About Author

administrador

Publicado pelo Administrador, porém não necessariamente escrito ou opinião do mesmo!

Entre para postar comentários

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Fale Conosco!

Últimos posts