Maturidade, Um Presente da Vida

As “pancadas” da vida como tudo que recebemos nessa transição como seres humanos carnais, possuem o lado positivo e negativo. Positivo porque teoricamente nos passam uma lição bem corretiva de como voltarmos a caminhar por aquela passagem ou enfrentarmos novamente aquela situação, com isso trazem para nós o que tanto necessitamos para darmos os dribles nas dificuldades do dia-a-dia, a maturidade, olhando pelo lado negativo tais “pancadas” doem na alma, no brio pois em diversos casos estão carregadas de críticas em contexto construtivo e destrutivo também.

Quando crianças o que mais dificulta nosso viver é a falta de maturidade. Por quê? Ao pedirmos um brinquedo que tanto desejávamos aos nossos pais, ao invés de sermos passivos e serenos os conquistando por nossos comportamentos, não, passamos a fazer uma gritaria e estripulia total os deixando nervosos e conseqüentemente fechados ao pedido que fizemos.

A verdade é que quando crianças agimos pela emoção longe da razão, ou seja, sem maturidade alguma.

A maturidade em algumas pessoas regidas por uma sorte inexplicável, começa a fluir na adolescência já em outras é necessário que a vida com suas “pancadas” dia após dia a presenteie com esse fortalecimento a personalidade.
Na adolescência por sinal a falta de maturidade é algo visível também, as besteiras cometidas pela falta da mesma levam a família à loucura. Discussões desnecessárias com professores, pirraças feitas por motivo de não poderem sair para algum lugar teoricamente perigoso ou não sadio, a curtição à músicas que somente levam ao desacerto comportamental, roupas usadas contra o gosto dos pais, enfim, os adolescentes na sua grande maioria são reais exemplos da falta de maturidade.

Mas é de se ressaltar, que a maturidade afeta também uma grande parte dos adultos sem que os mesmos percebam. Nos locais de trabalho, por exemplo, o fato de não aceitarmos que outra pessoa faça nosso trabalho por acharmos que apenas nós somos capazes de fazê-lo, nada mais é que uma grande falta de maturidade.

Nos desesperarmos em uma difícil situação tendo em mente que o mundo vai se acabar ali, também é uma gigantesca ausência de maturidade.
A maturidade nada mais é que a junção de experiências vividas, principalmente aquelas contrárias a nossa felicidade. Pois como a psicologia relata, os elogios e as alegrias somente nos deixam felizes e radiantes, no entanto as críticas e infelicidades fazem-nos pensar e criar estratégias para vencermos lá na frente.

Não há como uma pessoa viver toda sua vida sem receber esse presente tão necessário para a caminhada sobre espinhos, pois sabemos que nossa passagem por aqui é transitória e recheada de obstáculos gigantescos, portanto a ausência completa de maturidade nos transformaria em cem por cento derrotados, mas por sorte, nossa vida é regida por experiências e essas impulsionam o nosso amadurecimento.

A maturidade traz-nos perspicácia, inteligência e sabedoria para sermos felizes mesmo diante de tantas adversidades. A pessoa amadurecida reflete, raciocina, a imatura discute, não pensa.

Em um relacionamento amoroso, por exemplo, a maturidade é algo essencial e pode ser por esse motivo que talvez nossos primeiros namoros não deram certo, pois geralmente na maioria dos casos um dos namorados era imaturo, marinheiro ou marinheira de primeira viagem.

A cada dia enfrente as dificuldades como um aprendizado, uma experiência a mais. Assim receberá da vida toda a maturidade para um amanhã de conquistas e felicidade.

Share this article

About Author

Douglas S. Nogueira

Sobre o Autor:
Técnico de Manutenção e Integrante das Associações Literárias de Santa Bárbara e Piracicaba
ACIBEL e CLIP
E-mail: douglas_snogueira@yahoo.com.br

Website.: www.douglassnogueira.blogspot.com
Entre para postar comentários

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Fale Conosco!

Últimos posts