Administrador

Administrador

A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste realiza nesta terça-feira (19), a partir das 19 horas, ato que marca a implantação da Unidade Intensiva do Zera Fila Saúde, em estrutura instalada ao lado do Novo Terminal Urbano, no Centro da cidade. A Unidade Intensiva, que já atende o público desde o dia 6 de setembro, será responsável por exames, consultas e pequenas cirurgias, em mais um enfrentamento de filas históricas do Município por parte da Administração Municipal.

“A Unidade Intensiva começou a funcionar nos últimos dias e já realizou diversos atendimentos preliminares, com cadastramento de pacientes, ações prévias e realização de exames. Agora temos a plenitude dos procedimentos que a unidade tem a oferecer, com consultórios, centro cirúrgico, entre todas as estruturas”, explicou o prefeito Denis Andia. “É uma Unidade Intensiva com altíssima tecnologia, que ficará alguns meses instalada visando zerar a fila de exames até o fim do ano com mais de 8.000 exames e pequenas cirurgias”, acrescentou.

O prefeito ainda destacou a ampla transformação realizada na área da Saúde desde 2013. “A Saúde recebe um forte investimento do Município. A Unidade Intensiva do Zera Fila da Saúde é uma ação pioneira, que soma-se a tantas outras já realizadas. Temos a sequência de um processo que teve início em 2013. Aproveito e agradeço o apoio e o trabalho da Câmara Municipal, em nome do presidente Kadu Garçom e a grande maioria dos vereadores”, finalizou Denis Andia.

Sobre o programa

Criado em abril deste ano, o Zera Fila da Saúde vai beneficiar milhares de barbarenses que necessitam de exames, consultas e procedimentos, tanto na Atenção Básica como na Especializada. Coordenado pela Secretaria de Saúde, o programa tem como meta qualificar todas as ações e procedimentos oferecidos na rede municipal e apresentar soluções em um prazo máximo de 24 meses, contribuindo assim para a redução das demandas.

O novo modelo de atendimento implantado nos postos médicos – já iniciado nas UBSs do São Fernando e Esmeralda – também faz parte do programa “Zera Fila”. Com a mudança no acolhimento e a busca ativa para consultas e procedimentos, além da prevenção, os pacientes poderão resolver seus problemas na própria unidade, o que contribuirá para a redução da demanda e consequentemente desafogará os atendimentos de urgência e emergência.

Para a implantação do Zera Fila da Saúde a Prefeitura realizou desde 2013 uma série de ações de recuperação e ampliação de toda a infraestrutura do setor. Destacam-se a reforma e ampliação de 75% dos postos médicos, construção de 6 novas unidades, implantação do Novo Centro de Especialidades, informatização de todo o setor, implantação do Programa de Saúde da Família, contratação de médicos, troca de toda a frota de transporte da Saúde, entre outros.

Dois projetos de lei e nove moções estão previstos na Ordem do Dia da 34ª Reunião Ordinária de 2017, que será realizada nesta terça-feira (19), no Plenário Dr. Tancredo Neves. A sessão camarária será transmitida ao vivo pela Santa Bárbara FM, 95,9MHz, pelo site oficial do Legislativo, www.camarasantabarbara.sp.gov.br, e pela página da Câmara Municipal no Facebook, www.facebook.com/camaradeSBO.

Inicialmente, os parlamentares devem apreciar o Projeto de Lei 76/2017, de autoria do Poder Executivo, que autoriza o Município de Santa Bárbara d’Oeste a assinar o Protocolo de Intenções do Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Campinas. A pedido do vereador Isac Sorrillo (DEM) a votação dessa propositura foi adiada na reunião do último dia 5.

Em seguida, de autoria do vereador Celso Ávila (PV), será apreciado o Projeto de Lei 89/2017, que altera o artigo 20 da Lei Municipal 3.426, de 16 de outubro de 2012, que dispõe sobre ações de controle e de guarda responsável de animais no município de Santa Bárbara d´Oeste, altera multas e institui níveis de gravidade das penalidades, reincidências.

Moções

Ainda na sessão serão apreciadas nove moções. As três primeiras delas são de autoria do vereador Valdenor de Jesus Gonçalves Fonseca, o Jesus Vendedor (DEM). Por meio da Moção 703/2017, ele manifesta apelo à Diretoria Regional dos Correios pelo estabelecimento de CEP em todas as ruas do bairro Rural Santo Antônio do Sapezeiro; nas moções 704 e 705/2017, ele apela ao Poder Executivo Municipal quanto a serviços de revitalização de área pública localizada na extensão das ruas Analândia e Araras e da avenida Rafard, paralela à linha de energia, no bairro São Joaquim.

De autoria do vereador Antônio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista (PDT), será apreciada a Moção 705/2017, por meio da qual o parlamentar manifesta aplauso à farmácia de manipulação Tito Farma, em comemoração aos 30 anos de fundação. Carlão também é autor da Moção 708/2017, de apelo ao Poder Executivo por providências urgentes quanto à proliferação de escorpiões no Município, e da Moção 711/2017, de apelo quanto à construção de área de lazer, limpeza e reforma em campo de futebol localizado em área pública na rua Noruega, no Jardim das Palmeiras.

O vereador Celso Luccatti Carneiro, o Celso da Bicicletaria (PPS), é autor da Moção 707/2017, que manifesta apelo ao prefeito Denis Andia e aos órgãos competentes da Administração Municipal para que seja construído recuo para parada em ponto de ônibus em frente à Escola Técnica Estadual "ETEC Prof. Dr. José Dagnoni", situada na Avenida Antonio Pedroso, no bairro Cidade Nova.

De autoria do vereador Joel Cardoso, o Joel do Gás (PV), será apreciada a Moção 709/2017, que manifesta apelo ao prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, para que juntamente com o Secretario Municipal de Segurança, Trânsito e Defesa Civil efetue estudos para a construção de uma rotatória no cruzamento da rua Albânia com avenida Augusto Scomparim, no Jardim Europa IV.

Por fim, a última moção incluída na pauta de votação, a Moção 713/2017, de autoria do vereador José Luis Fornasari, o Joi (SD), manifesta apelo ao prefeito, para que diminua o tempo de espera dos resultados dos exames clínicos colhidos no laboratório da Santa Casa e nas UBS - Unidades Básicas de Saúde do Município.

Tribuna Livre

Ainda nesta terça-feira, a Tribuna Livre da Câmara será utilizada pela arquiteta Geise Brizotti Parquotto, doutora em Planejamento Urbano e Regional pela USP, que irá falar aos parlamentares e ao público presente no Plenário Dr. Tancredo Neves a respeito do Plano Diretor, projeto de autoria do Poder Executivo, que planeja o desenvolvimento da cidade pelos próximos 10 anos.

Estimular o crescimento dos bailarinos do interior e instigar o público sobre a dança. Santa Bárbara d’Oeste vai respirar a arte da dança a partir de sexta-feira (22). Com entrada franca, a 3ª edição do Festival Santa Dança segue até o domingo (24) no Teatro Municipal “Manoel Lyra” (Rua João XXIII, 61, Centro), além da Praça Central e da Estação Cultural (Av. Tiradentes, 2, Centro).

O Festival receberá apresentações e avaliações de coreografias dentro de diversas modalidades da dança, mostras avaliadas e apresentação dinâmica (palcos externos). Santa Bárbara d’Oeste abrangerá toda a RMC (Região Metropolitana de Campinas) e também receberá grupos de todo o país, incluindo estados como Rio de Janeiro e Minas Gerais.

“A Administração do prefeito Denis Andia, junto do Instituto Santa Dança e Governo do Estado de São Paulo, está dando continuidade na realização de um festival de Dança de qualidade, idôneo e coerente em Santa Bárbara d’Oeste, buscando a referência deste Festival para os barbarenses totalmente de graça, por meio de um trabalho de qualidade e ao mesmo tempo tornando-o referência nacional com toda a potência existente nos grandes festivais, além de trazer o aprimoramento técnico artístico à bailarinos”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix.

O Festival Santa Dança é uma realização da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, Instituto Santa Dança e Governo do Estado de São Paulo, por meio da captação de recursos via ProAC ICMS - Programa de Ação Cultura, com patrocínio da Denso do Brasil e apoio da Estação Cultural. Mais informações: www.festivalsantadanca.com

Confira programação da 3ª edição do Festival Santa Dança:

Sexta 22/9:

Gala de abertura com apresentações dos vencedores de 2016 e trabalhos das escolas realizadoras do evento.

Sábado 23/9:

Apresentações no Palco Aberto na Praça Central, das 10h30 às 11h30, e aula aberta com Rodrigo de Oliveira.

Ensaios no Teatro (horário será definido após o término das confirmações de inscrição).

Workshop no Teatro com Ricardo Scheir e Rúben Terranova (horário será definido após o término das confirmações de inscrição).

Noite Competitiva.

Mesa redonda com jurados.

Domingo 24/9:

Apresentações no palco aberto na Estação Cultural, das 9 às 10 horas.

Ensaios e Workshop com Eduardo Menezes no teatro (horários serão definidos ao final das inscrições).

Aula de auto-maquiagem para bailarinos

Noite Competitiva.

Premiação.

Grupos participantes:

ACADEMIA DE DANÇAS VIVA ARTE

Valinhos – São Paulo

CODA CIA DE DANÇA

Rio Claro – São Paulo

Novo Spasso Escola De Dança

Americana – São Paulo

TENTÁCULO DANÇA

São Paulo – São Paulo

GRUPO EXPERIMENTAL ARTBALLET ALINE FREDERICO

Campinas – São Paulo

STUDIO CAROL HOFSTATTER E TAIS CAIRES

Americana – São Paulo

APLOMB BALLET RUSSO

Campinas – São Paulo

STUDIO MARTHA BLANCO

Niteroi – Rio de Janeiro

ACADEMIA IVANI BALLET

Rio Claro – São Paulo

ESTAÇÃO DA DANÇA

Limeira – São Paulo

ACADEMIA DE DANÇA DO GREMIO MOGIMIRIANO

Mogi Mirim – São Paulo

COMPANHIA DA DANÇA

Americana – São Paulo

TWIST/ GRUPO ESPAÇO DANÇA

Americana – São Paulo

ACADEMIA IRIS ATIVA LINA PENTEADO

Campinas – São Paulo

GRUPO DE DANÇA EXPERIMENTAL MENINOS DO DALMO

Paulínia – São Paulo

STUDIO 415

Piracicaba – São Paulo

Centro de Dança Carmem Camargo

Piracicaba – São Paulo

BALLET JOVEM DE MARÍLIA

Marília – São Paulo

CENTRO INTERNACIONAL DE DANCAS BALLET LETICIA LANDAHL

São Pedro – São Paulo

GRUPO ICON-E

Santa Bárbara d’Oeste – São Paulo

O1É CIA DE DANÇA

Valinhos – São Paulo

CIA INDEPENDENTE DE DANÇA CLAUDIA PEREIRA

Campinas – São Paulo

INSTITUTO VIVARTE

Campinas – São Paulo

GRUPO ELLO

Porto Ferreira – São Paulo

JOVEM PAULISTA

São Paulo – São Paulo

STUDIO DE DANCAS DANIELA ALONSO

Limeira – São Paulo

LABORATÓRIO DA DANÇA FERNANDA ARAUJO

Santa Bárbara d’Oeste – São Paulo

Evento ocorre em Nova Odessa no dia 9 de outubro através da Fundação Nacional de Saúde

Chegou o momento de tirar do papel a solução para a gestão de resíduos sólidos nas cidades. Para isso, o Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos) e a Funasa (Fundação Nacional de Saúde), do Ministério da Saúde, pretendem reunir 30 municípios da região no dia 9 de outubro, no Instituto de Zootecnia (IZ) de Nova Odessa, quando será apresentado o projeto de “Cidades Inteligentes”, propondo soluções para os principais problemas envolvendo os resíduos sólidos.

O Consimares discutiu a realização do evento em reunião ocorrida na Prefeitura de Elias Fausto nesta segunda-feira, dia 18. Presidente do Consimares, o prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, se encontrou com os prefeitos de Sumaré, Luiz Alfredo Dalben, de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, e de Elias Fausto, Maurício Baroni, além de representantes dos demais municípios.

Na pauta também estiveram assuntos como o reconhecimento do Consimares pela Assemae (Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento), a ampliação da finalidade do Consórcio, a aprovação de projetos de lei instituindo nos municípios a Política Municipal de Resíduos Sólidos, além da criação do Museu de Eletroeletrônicos e a destinação de sofás e colchões recolhidos nas cidades.

Um dos principais temas debatidos pelos membros do Consimares foi a realização de mutirões de descarte de resíduos eletroeletrônicos, como os ocorridos em Nova Odessa (26/8) e Sumaré (16/9). A iniciativa, realizada em parceria com a iniciativa privada, terá as próximas edições nas cidades de Santa Bárbara d’Oeste (21/10), Monte Mor (28/10), Capivari (11/11) e Elias Fausto (25/11).

SOLUÇÕES - O movimento “Cidades Inteligentes” auxilia Prefeituras na identificação dos problemas prioritários, trazendo estudos que contêm toda a análise e os diagnósticos necessários. Em seguida, desenvolvem os projetos com a melhor solução encontrada. Por fim, acompanham a viabilização do interesse de empresas para a execução das soluções nas respectivas cidades.

Através de exibição tecnológica será discutido o futuro das cidades, abordando como tema central a destinação de resíduos sólidos. “Para os municípios resolverem problemas com inovação e criatividade, mesmo na escassez de recursos”, destaca o presidente do Consimares. “A sustentabilidade é o caminho ideal. Para as cidades é a forma mais adequada, moderna e eficiente de gestão pública”, acrescenta Bill.

Na oportunidade, será discutida também a adesão de mais municípios ao Consimares, que possui hoje sete membros (Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, Monte Mor, Capivari e Elias Fausto). “É necessário trazer mais cidades, para de modo consorciado buscar as soluções conjuntas para o desafio do manejo e destinação correta de resíduos sólidos”, completa o Prefeito Bill.

O evento será realizado no Instituto de Zootecnia de Nova Odessa das 8h30 às 14h, destinado a prefeitos, gestores e empresários. O Consimares apresentará projeto que se adequa à realidade da região, de modo simples, eficiente e de baixo custo. Para confirmar presença, ou obter mais informações, os interessados devem acessar o link do site do Movimento ‘Cidades Inteligentes’ – ci.eco.br/inscricao.

A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Nova Odessa – junto de todas as Apaes de todo o País – lembra, neste mês de setembro, a importância da inclusão social dos deficientes. Chamado de Setembro Verde, o mês reúne atividades especiais para que os alunos assistidos pela instituição se sintam verdadeiramente inseridos e acolhidos na comunidade.

De acordo com a presidente da Apae de Nova Odessa, Maria de Fátima Dalmédico de Godoy, a Chiquita, a entidade atende hoje, na cidade, 320 pessoas de todas as idades. “Temos atividades que vão desde a estimulação da fala até o reforço escolar para alunos com dificuldade de aprendizagem e o atendimento de autistas. Oferecemos serviços de educação, saúde e assistência social”, explicou.

No Brasil existem hoje mais de 2 mil Apaes, que oferecem atenção integral a mais de 250 mil pessoas. No Estado de São Paulo são 305 Apaes. Em Nova Odessa, a entidade fundada por João Camilotti completou 37 anos de atuação em agosto.

Diretora da Apae de Nova Odessa, Maria Tereza Casassa, a Tereca, explica que durante todo o mês estão sendo desenvolvidas atividades especiais com o objetivo de inserir os frequentadores da entidade na comunidade. “Queremos que os nossos assistidos se sintam incluídos na comunidade e para isso decidimos levá-los a lugares onde eles serão bem recebidos. Até aqui, as experiências que tivemos foram fantásticas”, afirmou.

Tereca lembrou duas visitas que grupos de alunos fizeram ao gabinete do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza. “Eles foram aplaudidos, sentaram na cadeira e assinaram como prefeitos. O relato que recebemos dos pais foi de muita satisfação e alegria para todos”, disse. Também passearam pela cidade, conhecendo o Teatro Municipal Divair Moreira e o Clube da Melhor Idade, entre outros locais.

As noções de civismo são constantes na Apae. Os alunos cantam semanalmente o Hino Nacional Brasileiro e, em uma das atividades especiais desse mês, recolheram entulho nas ruas do Residencial Klavin. “É uma forma deles se reconhecerem cidadãos e de entenderem que eles são parte da cidade onde vivem, com direitos e deveres”, explicou. Os alunos menores também foram levados ao Buffet Infantil Beni Kids. “Levamos uma turma com 18 crianças. Duas chegaram e foram entrando, porque já estavam habituadas. As outras 16 ficaram paradas na porta – reação que mostra que nunca tinham entrado em um buffet”, afirmou Tereca.

As atividades do Setembro Verde continuam nesta semana. Dia 19 acontece um torneio de futsal entre as Apaes de Nova Odessa e Sumaré. Na quarta-feira os alunos conhecerão a rotina empresarial na Metalúrgica Carthom’s. Dia 21 os cadeirantes terão um passeio no Tivoli Shopping. Uma gincana com alunos de escolas públicas e particulares será realizada no dia 27. No dia seguinte será a vez de praticar atividade física no Centro Cívico de Americana.

Dia 30, às 8h30, uma grande caminhada começa em frente à Prefeitura para dar encerramento às atividades. Neste evento estarão juntos Apae, Clube da Melhor Idade, SOS, Apnen (Associação dos Portadores de Necessidades Especiais), Apadano (Associação dos Pais, Amigos e Deficientes de Nova Odessa), Conselho dos Deficientes e toda a comunidade.

O DAE (Departamento de Água e Esgoto) de Santa Bárbara d’Oeste deu início na obra que visa reforçar o abastecimento de água do Laudissi II, Rochelle I, Parque Olaria, Santa Alice e Recreio Alvorada, que são bairros que vêm sofrendo com problemas de baixa pressão nos períodos em que o consumo aumenta. A melhoria atende uma reivindicação dos moradores e vai proporcionar uma pressão adequada da água mesmo em dias de alto consumo.

As intervenções começaram no sábado (16), no ponto de distribuição de água tratada responsável pelo abastecimento dessa região, localizado no Conjunto Habitacional Roberto Romano, composto por um reservatório semienterrado e um elevado.

A obra consiste na individualização deste sistema através da instalação de uma nova linha de recalque da água para o reservatório elevado, o qual possui duas reservas de 510 mil litros cada, sendo que uma ficará exclusiva para o atendimento dos bairros citados, tornando o abastecimento independente do Romano e do Rochelle II. A previsão é que a obra seja concluída em 30 dias.

O Programa Pontos MIS, parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo de Americana e o Museu da Imagem e do Som de São Paulo, exibe, nesta terça-feira (19), às 19h30, no Museu de Arte Contemporânea de Americana (MAC), o documentário A História do Rock Brasileiro. O objetivo do programa é promover o acesso ao cinema para todos a partir de espaços alternativos para exibir filmes de forma gratuita.

O documentário, dirigido por Pedro Vieira, investiga a história do rock brasileiro entre 1955 a 2005 e conta com depoimentos de importantes ícones da música brasileira, como Tim Maia, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Moraes Moreira, Legião Urbana, Arnaldo Antunes, Cássia Eller e Rita Lee.

A exibição é aberta ao público e a entrada é gratuita. O MAC Americana está localizado nas dependências do Centro de Cultura e Lazer (CCL), na Avenida Brasil, 1293, no Jardim São Paulo. Mais informações podem ser solicitadas através do número 3408-4800

Terça, 19 Setembro 2017 00:00

Saúde realiza testes rápidos no PA Zanaga

A Secretaria Municipal de Saúde realizou no domingo (17) testes rápidos para Hepatite B e C, Sífilis e HIV. A viatura do SAE (Serviço de Assistência Especializada em DST/AIDS) permaneceu, no período da tarde, em frente ao Pronto Atendimento do bairro Antônio Zanaga e fez 23 exames, sendo todos resultados negativos para essas patologias.

De acordo com a coordenação do SAE, o serviço itinerante para testes rápidos estará no dia 7 de outubro, na Escola Estadual “Anna Maria Lúcia de Nardo Moraes Barros”, no Jardim Brasil, das 9h às 16h.

No dia 28 de outubro, das 18h às 21h, a viatura permanecerá no CIVI (Centro Integrado de Valorização do Idoso), durante abertura de uma feira literária e artística que acontecerá durante o fim de semana naquele local. No domingo (29/10), também no CIVI, os testes poderão ser feitos das 9h às 16h.

Em caso de exames reagentes para HIV, Sífilis ou Hepatite B e C, os indivíduos são acolhidos pelo serviço, no que é feito o aconselhamento, realizadas as consultas com o médico infectologista e iniciado o tratamento. A recomendação do SAE é para que as pessoas façam o teste, já que iniciar precocemente o tratamento para essas doenças, além de preservar a vida, evita novos contágios.

Terça, 19 Setembro 2017 00:00

O PCC e o fim da violência nos presídios

O assunto volta à baila por causa do choramingo de Geddel Vieira Lima – aquele dos 50 milhões de reais encontrados em sua casa, sem que ninguém conheça a sua origem - com medo de ser estuprado pelos seus companheiros de cela.

E os iguais, não menos piores, os advogados famosos, partidários do quanto pior, melhor, querendo que todas as estruturas caiam por terra e eles possam se livrar das ações dos pobres segurados do INSS, onde garfam dos coitados, com a subserviência ou não dos servidores dessa instituição, 10% do resultado das sentenças, sem fazer absolutamente nada, pois os direitos dos segurados são iguais: trabalhou, comprovou! No sistema previdenciário prova-se não ser um evadido possuindo-se todos os documentos e lutar para vencer os mata-burros colocados à frente dos desesperados segurados, torcendo-se no íntimo – talvez, parece – que se ferrem e morram. Nessa ordem.

Assim, sobrarão mais recursos para ser dilapidados entre os próceres do poder, desde os peixinhos, até os tubarões. Eis o regozijo. Com Geddel tudo será diferente. Gilmar Mendes e os parceiros do STF darão um jeito de livrá-lo da possível penúria.

Por que será que os ministros do Supremo não reclamam que os seus salários são incompatíveis com a dignidade do seu cargo? Nem é necessário. Com o tráfico de influência que a magistratura do supremo lhes proporciona, quanto mais emperrada e inoperante for a justiça nas suas mãos, melhor para o bolso dos digníssimos, pois podem, sem ser defensores de qualquer réu, ser patrocinadores indiretos das ações que lhes caiam no colo, fidelizando-se com algum advogado, reluzente ou não em Brasília – na capital brasileira quase todo o universo dos servidores públicos tem formação em Direito - sempre de olho na “boquinha” , antecipando-lhes a decisão que for proclamar.

Isso custa muito e enriquece a todos. Estão e sempre estarão pouco ligando para o Brasil e os brasileiros. Podem não admiti-lo, mas, no íntimo, também querem que eles se ferrem e também morram. Logo, de preferência!

Quanto a Geddel, será que não temem que ele abra a boca? Temer e os seus asseclas sabem que ele é o elo mais podre da corrente. Se abrir a boca poderá pôr tudo a perder. Temer e os seus parceiros, contudo, confiam no PCC. Marcolla acabou com a medieval recepção que sempre pesava sobre a cabeça – não bem ali, claro... – dos novos prisioneiros e tanto os atemorizava.

Como a inteligência para o mal tem de ser brilhante. Um grande negócio. Como o mal, quando bem colocado, pode produzir o bem... Fernando, o biblioteconomista da câmara de vereadores de Santa Bárbara d’Oeste, se estiver lendo agora este artigo, rirá, pois ouvira dele tal conceito.

Marcolla se valeu do medo para aprimorar o seu negócio. Ao introduzir a violência como moeda de troca para a vida – ameaça e a sua consecução – e a suspendera, humanizara-a, tornando-a propícia aos seus interesses: com uma troca o perdoado tem de aderir aos preceitos da organização dos traficantes. Se não, já viu!

Assim, Marcolla conseguira, sem custar centavo algum ao erário e sem programa específico, a redução dos infectos da AIDS entre os detentos dos presídios paulistas.

Simples assim. Que mente mais brilhante, não? Não é mesmo um bom candidato para presidente em 2018? Não rouba e faz.

Alonso de Oliveira, jornalista. Foi secretário de Administração, diretor de Suprimentos e coordenador de RH da prefeitura de Americana. e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

O vereador Paulo Monaro (SD) protocolou, na última sexta-feira (15), o Projeto de lei 112/2017, o qual determina a obrigatoriedade de distribuição gratuita de bloqueador solar pela Prefeitura Municipal para as pessoas portadoras de albinismo residentes em Santa Barbara d´Oeste. A propositura prevê, ainda, que os munícipes com albinismo terão atendimento dermatológico e oftalmológico prioritário, pois esse distúrbio é acompanhado de vários problemas de visão. Para ter esse direito garantido, o interessado deverá se cadastrar na Secretaria Municipal de Saúde.

Na exposição de motivos, o parlamentar explica que, como o albinismo é uma desordem genética, não existe tratamento para reverter o quadro. “Pessoas com albinismo devem usar proteção solar sempre e ser acompanhadas por um dermatologista para avaliação da pele e detecção de lesões que possam predispor ao surgimento do câncer. A pessoa albina usa uma média de quatro tubos de bloqueadores solar mensalmente, sem interrupção, pelo resto da vida”, afirmou o vereador, ressaltando que esses munícipes, por serem considerados portadores de necessidades especiais, precisam de apoio para que o exercício de seus direitos básicos sejam assegurados.

“Nesse sentido, é preciso estabelecer políticas públicas de atenção aos portadores de albinismo, contemplando as diversas fases da vida, desde o nascimento até a fase adulta, com ênfase para o atendimento nas áreas de dermatologia e oftalmologia”, afirmou Monaro, ressaltando que é preciso dar visibilidade à luta das pessoas com albinismo, mobilizar estas pessoas e, principalmente, sensibilizar o poder público para os problemas enfrentados pelos albinos.

Pagina 1 de 319

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Últimos posts