Pichador da Estação Cultura é detido

Prefeitura prepara ação judicial para ressarcimento por conta dos danos causados

A Polícia Civil de Nova Odessa deteve na tarde de terça-feira o pichador do prédio da Estação Cultura, antiga estação ferroviária. O delito foi cometido no final de novembro e desde a ocasião a polícia, com apoio da Guarda Civil Municipal, investigava o caso. O rapaz confessou ser autor de pichações em quatro locais na cidade. A Prefeitura já prepara ação pedindo a reparação dos danos causados.

Com mandado judicial de busca e apreensão, a Polícia Civil foi até a casa do suspeito. No local foram encontrados materiais utilizados em atos de pichação. O rapaz foi conduzido ao Plantão Policial, onde confessou o delito.

Além da pichação na Estação Cultura, ele assumiu autoria de danos em outros três locais na cidade. Ele também já tinha passagem pelo mesmo delito quando era adolescente.

“A Guarda Civil Municipal realiza um trabalho constante na tentativa de coibir esta e outras práticas delituosas. Quando ocorreu o dano à Estação, foi iniciado pela corporação um amplo trabalho de coleta de dados sobre possíveis autores. Realizamos um trabalho conjunto com a Polícia Civil, que deu continuidade às investigações, culminando com a identificação e detenção do suspeito infrator”, explicou o diretor de Segurança Municipal, Robson Fontes Paulo.

A pichação em imóveis públicos é crime de dano ao patrimônio e a pena é de detenção de seis meses a três anos e multa.

PROCESSO – Além da responsabilização na esfera criminal, o rapaz também deverá responder judicialmente pelo crime. A Prefeitura já prepara uma ação cobrando o ressarcimento pelos danos causados.

“Já solicitamos à Diretoria de Obras um levantamento dos custos para a reparação e solicitaremos na Justiça o ressarcimento”, afirmou o secretário de Assuntos Jurídicos, Demétrius Adalberto Gomes.

Ele afirmou que outras três ações, que totalizam R$ 32,9 mil, estão em trâmite na Justiça cobrando ressarcimento por outras pichações realizadas na cidade. “Temos ações pedindo reparação de pichações no velório, no Ginásio Municipal Oswaldo Bassi e também na Praça Central”, explicou.

Os crimes foram cometidos por adolescentes e, nestes casos, os pais ou responsáveis foram citados para responder civilmente por seus atos.

Share this article

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Últimos posts