O econômico compacto de design moderno completa mais um ano de história

Marco histórico da indústria automobilística brasileira completa 61 anos.

Há 61 anos era lançado o primeiro carro de passeio fabricado em série no Brasil. De características revolucionárias, compacto e supereconômico, tal como os últimos modelos dos dias atuais, o pequeno notável já fazia 25Km com 1 litro de gasolina. Pela primeira vez via-se circular pelas ruas um carro realmente fabricado no Brasil.

Seu lançamento oficial ocorreu em 5 de setembro de 1956, com a realização de uma caravana, com os primeiros 16 Romi-Isettas produzidos no Brasil. O agrupamento partiu da Rua Marquês de Itu, 133, no centro de São Paulo, e passearam pela cidade causando grande comoção. Até aquele momento, os automóveis vendidos no Brasil eram importados prontos ou apenas montados nas operações das multinacionais.

O Romi-Isetta teve uma vida social intensa. Por suas características únicas, despertou o interesse de artistas, profissionais da moda, do cinema e da TV. Suas características de estabilidade e comportamento levaram o Romi-Isetta também às competições esportivas.

Em 1960 o país já contava, além da Romi, com modelos fabricados pela Vemag, Volkswagen, Simca, Willys, Toyota e FNM, numa indústria que alcançava crescente volume de produção local. Em 13 de abril de 1961, o último Romi-Isetta – um exemplar branco e amarelo-limão – deixou a linha de montagem.

Memória e identidade

Em 03 de setembro de 2016, a Fundação Romi em seu Centro de Documentação Histórica reuniu mais de 2000 pessoas para celebrarem os 60 anos do carro e prestigiaram os 37 exemplares dos 30 colecionadores presentes no “Encontro Nacional de Romi-Isettas” – evento da instituição celebrado a cada cinco anos em comemoração ao lançamento do carro. “O Romi-Isetta é o ícone que marca o início da indústria automobilística brasileira, por isso, merece ser celebrado e preservado”, afirma o Superintendente da Fundação Romi, Vainer Penatti.

O CEDOC da Fundação Romi é responsável pela preservação, disseminação e guarda permanente do mais relevante patrimônio do automóvel. São rafes, textos, imagens e publicações, documentadas e catalogadas, com boa parte delas disponíveis para consulta pública e gratuita, que retratam, em detalhes, a trajetória do Romi-Isetta, carro criado pela Indústrias Romi.

Os interessados em se aprofundarem na história do Romi-Isetta podem acessar o site do carro por meio do link http://fundacaoromi.org.br/romi-isetta ou agendarem uma visita presencial ao Centro de Documentação Histórica da Fundação Romi, em Santa Bárbara d´Oeste, através do telefone 19.3499-1555. Mais informações disponíveis em http://fundacaoromi.org.br/cedoc.

Share this article

About Author

Administrador
Entre para postar comentários

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Últimos posts