Americana receberá R$ 41,7 milhões para investimentos na Habitação

O secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Americana, Charley Petter Cornachione, informou que Americana será contemplada com investimentos na ordem de R$ 41,7 milhões para a construção de 439 unidades habitacionais na região da Praia Azul, loteamento de interesse social denominado Residencial Nova Aliança, projeto da Associação dos Sem-Teto de Americana (ASTA). O secretário esteve na última quarta-feira (28/2), em Brasília, com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e o deputado federal, Baleia Rossi, que anunciaram a liberação dos recursos para Americana.

O prefeito Omar Najar ressaltou a importância do investimento para o município e para as famílias de baixa renda. “É uma excelente notícia para a cidade, para a ASTA e para as famílias que terão um teto. Agradeço ao deputado Baleia Rossi, ao ministro das Cidades, Alexandre Baldy, pela ajuda neste processo de liberação de recursos, que contribuirá para diminuir o déficit habitacional do município”.

O projeto de Americana foi selecionado para receber as 439 unidades habitacionais na modalidade Entidades do Programa Minha Casa, Minha Vida. “As moradias de interesse social vão atender famílias de baixa renda do projeto da ASTA, que tem muita luta no município de Americana. As unidades vão atender a demanda habitacional do município, cujo déficit está em 9.500 moradias”, disse o secretário de Habitação.

Ele explicou que, por conta de um trabalho da Administração Municipal, foi solicitado o apoio do deputado federal Baleia Rossi, que fez o gerenciamento e as articulações junto ao Ministério das Cidades para viabilização dos recursos. “De acordo com o ministro, há cinco anos não tinha seleção de projetos. Com a ajuda da Administração Municipal, apoio do prefeito Omar Najar e do deputado, conseguimos agilizar este processo e recebermos esta ótima notícia por parte do ministro”, comentou Charley.

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, destacou a importância dos investimentos para a região de Americana. “Os cidadãos de Americana ganham muito com este projeto habitacional”.

O deputado federal, Baleia Rossi, que ajudou na articulação para os recursos, agradeceu ao ministro pela “priorização de Americana”. “Tenho certeza que, desta forma, o governo federal chega fazendo a diferença na cidade de Americana”.

A ASTA será a responsável pelo gerenciamento da obra. “As casas serão construídas em terreno da própria entidade e as famílias irão financiar as construções, em processo a ser providenciado junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Sobre o prazo de construção, dependerá da empresa que será contratada pela ASTA, mas geralmente estes contratos são de até 36 meses”, concluiu o secretário de Habitação.

Share this article

Sobre Nós!

Web Portal Santa Bárbara d’Oeste SP, de conteúdo informativo independente, todas as notícias e artigos são de propriedade e responsabilidade do autor.

 

Informações da cidade de Santa Bárbara d’Oeste e Região!

Fale Conosco!

Últimos posts